domingo, 19 de maio de 2013

tesouras como escolher a sua

 Tesoura Quente:

É difícil você encontrar uma mulher que antes de aparar as madeixas não tenha feito nenhum processo químico. Um dos principais problemas causados nos fios, devido à grande quantidade de química, são as pontas duplas - problema conhecido pelos profissionais como tricoptilosis.

A tricoptilosis pode ser abrandada com o corte a fogo, que consiste em torcer pequenas tranças de cabelo (técnica conhecida como Brulage, que em francês quer dizer queimar) para queimar as pontas dos cabelinhos que ficam de fora destes torcidos.

Atualmente, estão surgindo novas e diferentes técnicas para combater este mal. As primeiras a serem lançadas foram as tesouras alemãs, que oferecem menor risco de queimaduras e de danos nas fibras capilares - cauterizando-as ao cortar.

Outro exemplo são as tesouras Splissaway, mais conhecidas como tesouras quentes. De acordo com especialistas, esta técnica surgiu com o mesmo propósito da técnica da vela acesa que queima as pontas duplas. Neste antigo método, havia muitos cabelos que eram queimados parcial ou totalmente. O cheiro forte também era outro inconveniente.

Mas não se esqueça que este tratamento consiste em diferentes etapas, sendo que na primeira é realizado um diagnóstico através de uma microcâmera que aumenta em até 450 vezes o fio.

Depois, as tesouras quentes são aquecidas em um forno específico que pode chegar a até 220 graus. Após o corte, é preciso que o cabelo seja tratado com produtos selecionados, a partir do diagnóstico, e com os produtos recomendados para a manutenção doméstica. Em média, este tipo de tratamento custa entre R$ 220 a 250, com a hidratação incluída.



Tesoura Laser:

A tesoura laser contém uma cerda cerrilhada de um lado para que se possa segurar, por assim dizer, aqueles fios que serão cortados em uma linha reta. Sendo assim, essa tesoura serve para definir os comprimentos, processo conhecido como definição do perímetro capilar.

Enquanto uma lâmina retém os cabelos para que não escorreguem ou deslizem durante o corte, a outra lâmina, chamada de guilhotina, incide sobre os fios presos à lamina de baixo, decepando-os em linha reta. Se fôssemos ampliar várias vezes a lâmina lazer, seu formato seria semelhante ao de uma faca de cortar pão.

Em um cabelo longo, primeiro usamos esta tesoura para definir o comprimento, ou, como chamamos habitualmente, pré cortar o cabelo, conferindo-lhe o formato estrutural com marcas mais retas. Por isso mesmo, muitas vezes trabalhamos com outros instrumentos que cortam na vertical para que se contraponham à este efeito - marcando ou suavizando-o.

De todas as formas, a tesoura laser é um instrumento fundamental e indispensável para o profissional cabeleireiro, pois só com ela é possível criar o corte no seu formato básico, ou, bruto, por assim dizer, para que depois seja lapidado com outros instrumentos, como desfiadeira, dentada, navalha e fio navalha.




Tesoura Fio Navalha:

Esta tesoura é mestre em causar efeitos diferenciados em quase qualquer tipo de cabelo. Ela tem por objetivo primário desfiar, causando filetes, daí o nome da técnica em francês ‘to fillet’, que significa cortar em filetes, ou ‘e fillet’, que em aportuguesado falamos efilar, ou causar filetes nos fios.

O fio navalha desta tesoura é bem fino e quanto mais fino for, mais cortará ao sensível toque na mecha de cabelo. Isto se dá porque ela tem por função deslizar pelos fios enquanto corta diagonalmente. Assim podemos causar filetes, ou marcas texturizadas, nos cabelos que serão trabalhados com ela.

O cabelo muito liso, que, portanto, deixa muitas marcas horizontais, pode ser disfarçado com esta tesoura. Os cabelos muito volumosos poderão ter seu volume reduzido ao incidir a tesoura desde o meio para as pontas, em mechas que se concentram no meio do cabelo, ou seja, dentre as laterais e a nuca, sem atingir têmporas, topo (ou coroa do alto) e pé de cabelo. O efeito será um cabelo “diminuído”, mas apenas na parte de dentro.

Nos cabelos curtos, esta tesoura servirá para criar textura para frente, picotar moicanos e cortes irregulares, desfiar, definindo vírgulas em curtos femininos, e até direcionar a posição do Chanel, usando-a na direção da nuca para o queixo.
Na próxima semana traremos dicas sobre as tesouras desfiadeira, dentada e navalha

Tesoura Desfiadeira:

Esta tesoura muita vezes é chamada de tesoura de desbaste, ou, ainda, confundida com tesoura dentada. O que ocorre é que ela se apresenta em dois formatos: com uma única lâmina, vazada para que os fios ali introduzidos não sejam cortados, ou com duas lâminas, vazadas em formato de pente. Assim, os fios que forem introduzidos nos orifícios desta tesoura serão preservados em seu comprimento original, e aqueles que forem pegos pela lâmina, ou microlâmina, desta tesoura serão cortados.

Este instrumento é corretamente chamado de desfiadeira, porque mais desfia do que corta. Na verdade, o modelo com uma lâmina lisa (guilhotina) e outra vazada deverá cortar mais do que desfiar do que o modelo que possui duas lâminas vazadas. Presume-se isto pela lógica de que quanto mais espaço houver para os cabelos serem introduzidos durante a pressão exercida ao se cortar uma mecha, mais cabelos serão preservados. Assim sendo, você poderá criar degradês de desfiamento quando pressionar a tesoura uma vez mais próxima das raízes, e outra mais distante, e, ainda outra subseqüente - e assim sucessivamente -, criando um efeito de raízes mais pesadas e pontas mais leves.

Tesoura Dentada:

Essa tesoura possui dentes que são largos e causam diferentes efeitos escadeados nos cabelos. Naturalmente, cabelos mais espessos poderão exigir um uso mais amplo deste tipo de instrumento, enquanto os mais finos necessitarão de muita cautela, praticamente restringindo seu uso às pontas.

Da mesma forma, esta tesoura se apresenta como a fio Navalha - tendo dentes mais finos para desfiar sem marcar tanto. A escolha do profissional, pelo espaçamento entre os dentes na hora de cortar, se dará pelo tipo de cabelo com o qual estará trabalhando.

Como acontece nos casos da tesoura desfiadeira e fio navalha, este instrumento também pode e deve ser usado na vertical, inclinado e horizontal.
Navalha:

O corte a navalha há muito tem inspirado inúmeros profissionais a criar estilos masculinos e femininos criativos e ousados. As primeiras navalhas que dominaram o mercado capilar não tinham nenhum protetor, apenas uma lâmina que precisava ser afiada em um instrumento de couro. Elas foram inicialmente usadas em barbearias e depois em institutos de beleza, sobretudo nas décadas de 60 e 70, em cortes que criavam volume e desconexão às mulheres da época.

Esta navalha tem a lâmina repositora, sendo, por isso, higiênica, descartável e muito prática. Ela apresenta um cabo flexível e protetores, com diversos formatos, que podem ser trocados. Os protetores com espaços mais finos são indicados para desfiar o meio e pontas das mechas, esquartejar pequenos torcidos, ou, ainda, decepar o perímetro dos cabelos para definir o comprimento. Já os protetores espaçados são recomendados para criar texturas ou marcas propositais nos cabelos, assim como a tesoura dentada.

Hoje dispomos de uma navalha mais moderna e prática, com protetor embutido, que não oferece nenhum risco de corte nas mãos. Assim, quando você trocar a lâmina estará trocando o protetor. Também já se encontra disponível o modelo de navalha quente.

Cortar cabelos à machado, com cacos de vidro, à faca ou à maçarico, são coisas que profissionais prosaicos faziam para chamar a atenção, mas que nunca tiveram algum objetivo real ou nobre. Pelo contrário, tudo isso deve ter sido uma grande chacina capilar. Bom é ver que o mercado instrumental para cabeleireiros evoluiu e trouxe à nossa disposição diversas ferramentas que facilitaram a parte operacional em nossa área.

A ergometria também foi levada a sério, pois a maioria das tesouras e navalhas contam com o apoio para os dedos, em formatos cada vez mais próximos do natural, proporcionando conforto e segurança. Mas isso já é um assunto para outro artigo.



Qual a origem da tesoura?
A tesoura é um utensílio tão comum, que poucas vezes paramos para pensar em suas origens. Acredita-se que as primeiras foram confeccionadas no Egito, em cerca de 1500 a.C., como duas lâminas simples, sem articulação e unidas em uma extremidade. Esse modelo primitivo tinha o formato da letra cê e servia principalmente para cortar a pele de animais. Foi somente no período do “corte à romana”, até o ano 100, que as tesouras de lâminas cruzadas foram aperfeiçoadas.
As tesouras mais antigas eram confeccionadas de ferro e bronze. As primeiras de aço como as atuais, foram manufaturadas em 1761 pelo inglês Robert Hinchliffe.
Como são fabricadas?
Atualmente, o processo de fabricação é mecânico: nele, barras de aço incandescente transformam-se em lâminas inacabadas, que são marteladas para dar forma. Depois, cortam-se suas arestas e as lâminas são temperadas, após aquecimento e resfriamento.
A eficácia das tesouras deve-se mais ao “jeito” que à força. Uma tesoura é uma alavanca. Por isso, quanto mais longe estiverem os cabos, melhor. Se a força aplicada pela mão está duas vezes mais distante da articulação que o ponto de corte, a força ali será o dobro da aplicada pela mão. Matemática pura!


 Curiosidades
Mãos de tesoura

Foi assistindo ao filme Edward Mãos de Tesoura que o cabeleireiro Déo Rodrigues decidiu transportar a ficção para a realidade. Ele começou a treinar sua técnica segurando várias tesouras de uma só vez e cortando os fios de perucas. Quando conseguiu chegar a dez tesouras, Déo apresentou-se em um programa de televisão. Hoje, Déo faz cortes com até 22 tesouras. Para esse trabalho, ele usa os modelos fio navalha muito bem afiados, que deslizam no cabelo. “Essa técnica fica ótima para cortes desconectados, com dégradê e pontas maiores”, comenta.
Mesmo os trabalhos que utilizam uma só tesoura têm seu toque de autenticidade, podendo ser feitos em apenas 30 segundos. Um corte normal custa entre R$ 95,00 e R$ 150,00. Já o com as 22 tesouras pode chegar a R$ 400,00. Ele ainda tem sua tesoura da sorte: uma com fio navalha toda dourada, com a qual ganhou seu primeiro troféu de corte.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

cabeleireiro on line

Postagens populares

tudo para seu salao de beleza

Minha lista de blogs

seja bem vindos ao e cabelos

ola amigos(a) criei este espaço para ajudar e dar dicas quem queira ou ja estar no ramo da beleza/saude.

Torne-se um(a) Cabeleireiro(a) Profissional!

O ramo da beleza cresce a cada dia, e cresce também a busca por profissionais qualificados na área. Estude aqui e gratis vou passar a teoria e tirar suas duvidas.

cortes de cabelo

Incluindo corte de cabelo masculino

tipos de penteados
Veja também penteado para noivas

Alisamentos
Aprenda técnicas da escova progressiva

Colorimetria
Saiba tudo sobre coloração para cabelos

Visagismo
Combine cores e cortes de cabelo com formatos de rosto diferentes

Dicas de como abrir seu próprio salão!
você aprenderá sobre cortes de cabelo, penteados alisamentos e muito mais, veja:
CORTES
Aprenda sobre o tratamento dos fios e as principais técnicas para os mais variados tipos de corte de cabelos

Assimétrico
Reto
Chanel
Curto
Revitalizante
Infantil
Masculino
PENTEADOS
Aprenda também a escovar os cabelos e fazer penteados perfeitos

Buclees
Para noivas
Colmeia
Noite
Escova
TRATAMENTO DE
CABELOS
Aprenda também a escovar os cabelos e fazer penteados perfeitos
  • Hidratação
  • Mecha Californiana e Reflexo
  • Ondulação e Permanente
  • Plantas medicinais
  • Hena
  • Controle de volume
  • Visual saudável

ALISAMENTO DE
CABELOS
Conheça técnicas de alisamento de cabelos existentes no mercado. Os cuidados e benefícios de cada uma.
  • Escova Progressiva
  • Progressiva de Chocolate
  • Relaxamento
  • Amaciamento com Guanidina
  • Touca de Gesso

COLORIMETRIA E
VISAGISMO
Aprenda também as técnicas de coloração dos cabelos e saiba como ressaltar a beleza de suas clientes indicando o melhor tipo de corte e cor, de acordo com o cabelo e rosto de cada um.
colorimetria e visagismo
  • Torne-se um(a) Cabeleireiro(a) Profissional!

    O ramo da beleza cresce a cada dia, e cresce também a busca por profissionais qualificados na área.

    cortes de cabelo

    Incluindo corte de cabelo masculino

    tipos de penteados
    Veja também penteado para noivas

    Alisamentos
    Aprenda técnicas da escova progressiva

    Colorimetria
    Saiba tudo sobre coloração para cabelos

    Visagismo
    Combine cores e cortes de cabelo com formatos de rosto diferentes

    Dicas de como abrir seu próprio salão!
    você aprenderá sobre cortes de cabelo, penteados alisamentos e muito mais, veja:
    CORTES
    Aprenda sobre o tratamento dos fios e as principais técnicas para os mais variados tipos de corte de cabelos

    Assimétrico
    Reto
    Chanel
    Curto
    Revitalizante
    Infantil
    Masculino
    PENTEADOS
    Aprenda também a escovar os cabelos e fazer penteados perfeitos

    Buclees
    Para noivas
    Colmeia
    Noite
    Escova
    TRATAMENTO DE
    CABELOS
    Aprenda também a escovar os cabelos e fazer penteados perfeitos
    • Hidratação
    • Mecha Californiana e Reflexo
    • Ondulação e Permanente
    • Plantas medicinais
    • Hena
    • Controle de volume
    • Visual saudável

    ALISAMENTO DE
    CABELOS
    Conheça técnicas de alisamento de cabelos existentes no mercado. Os cuidados e benefícios de cada uma.
    • Escova Progressiva
    • Progressiva de Chocolate
    • Relaxamento
    • Amaciamento com Guanidina
    • Touca de Gesso

    COLORIMETRIA E
    VISAGISMO
    Aprenda também as técnicas de coloração dos cabelos e saiba como ressaltar a beleza de suas clientes indicando o melhor tipo de corte e cor, de acordo com o cabelo e rosto de cada um.




  • Cabeleireiro