sexta-feira, 24 de maio de 2013

Nutrição/Reposição Lipídica, como e por que fazer?


 A nutrição não substitui a hidratação,
a hidratação repõem agua 
nutrição repõem
proteínas, vitaminas e lipídeos 

 A nutrição 
deve ser feita sempre que o cabelo estiver opaco, quebradiço ou poroso”, 


Hidratação
Quando os fios estiverem com aspecto áspero, quebradiços, sem brilho e maciez é hora de procurar a hidratação.
a função da nutrição e alimentar os fios


Nutrição


" à reposição dos lipídios do fio. Essa camada natural tem como objetivo promover a lubrificadão necessária para evitar a perda de componentes, entre eles a água, mantendo a superfície íntegra e homogênea. Quando não há gordura suficiente, acontece a quebra em toda extensão e também a perda da maciez"

O que fazer

Usar composições com aminoácidos presentes em proteínas hidrolisadas de fontes como trigo, seda, amêndoas, aveia, que promovem um processo de regeneração e aumento do conteúdo hídrico na fibra capilar.
 hidratação e algo vital para nos, já a nutrição e uma adição...é como se a hidratação capilar fosse o básico do básico, já a nutrição fosse algo mais potente, mais concentrado.

Um cabelo normal precisa ser hidratado semanalmente, sugiro nutrição uma vez ao mês.
Já um cabelo tratado quimicamente, precisa de nutrição e hidratação, uma vez a cada semana. 

A hidratação não é apenas inserida no cabelo propriamente dito.
 Nutrição
A nutrição é indicada para intensificar a saúde dos cabelos debilitados por processos químicos, como alisamento, relaxamento, coloração, descoloração e processos de impermeabilização dos fios. Vento, sol e utilização excessiva de secador ou prancha são outros fatores que comprometem a nutrição dos cabelos.
Nesses casos, lance mão do tratamento, que é apropriado para repor proteínas, vitaminas e lipídeos necessários para a saúde dos fios. “A nutrição deve ser feita sempre que o cabelo estiver opaco, quebradiço ou poroso”,
  tratamento deve ser feito semanalmente, em caso de cabelos muito danificados, ou de 15 em 15 dias.
 
passo a passo 
e feita com mascaras nutritivas e vitaminas
 
lavar o cabelo com xampu
levar a cliente para a bancada 
dividir o cabelo básico 
 aplicar a mistura de mascara nutritiva e vitaminas mexa a mexa .
levar o cliente ao vaporizador por 20 minutos apos este  tempo retirar todo o produto e condicionar

terça-feira, 21 de maio de 2013

instrumentos para shampoo e tratamento

instrumentos para shampoo e tratamento

1- escova meia lua

2- toalha

3- pente para desembaraçar

4- cubuca

5- pincel

6- espatulas

1-passo a passo

receba a cliente  leva -a bancada densembaraçe os fios seco com pente grosso
 passe a escova meia lua (antes de passar a escova meia lua verificar si há alguma lesão no couro cabeludo)

2- levar a cliente para o lavatório cobri seus ombros com uma toalha . molhar toda a cabeleira colocar uma quantidade de xampu na palma da mão e aplicar , uma mão apóia e a outra lava

utilizar as pontas dos dedos em movimentos circulares para cabelos secos

movimentos retos para cabelos oleosos


regras de segurança a serem observadas durante a aplicação do shampoo

regras de segurança a serem observadas durante a aplicação do shampoo

1 - proteja  o cliente  com toalha para que não cai  em sua roupa produto

2- não use escova meia lua si o coura cabeludo estiver irritado  ou com lesões

3-use toalhas limpas para cada cliente

4-não deixe que escorra agua nem xampoo nos olhos do cliente

5-não deixe permanecer agua no chão , pois fica escorregadio podendo ocasionar acidentes

6- lave as mãos antes e depois de atender cada cliente

7-todo cabelo deve ser condicionado independente da condição porosa ou não nos fios

usando o neutralizante em tratamentos

como vimos no post anterior o neutralizante e indispensavel em qualquer química .
mas si anualizamos bem as funcoes do neutralizante vemos que ele pode nos auxiliar em tratamentos capilares mais profundos . como ? explicarei abaixo .

qual a função do neutralizante ?

, o neutralizante serve para fixar os nutrientes que você colocar no seu cabelo causando o fechamento da cutícula ao mesmo tempo. Resumindo, ele interrompe a ação do produto colocado anteriormente e ao mesmo tempo inicia o fechamento da cutícula, moldando o cabelo da forma como você desejar. No momento em que ele está agindo no seu cabelo ele também restaura a estrutura interna dos fios, evitando que eles fiquem quebradiços, pontas duplas.

então temos determinada cliente que estar com um cabelo poroso quebradiço etc ..

o que podemos fazer . dependendo do grau de porosidade dos fios lavamos com um shampoo  anti resíduos que abre as cutículas aplicamos o tratamento (ex queratinização , hidratação , nutrição etc...) depois neutralizamos para fecha as cutículas

fixar os nutrientes que você utilizou
 

neutralizantes função

neutralizantes

O NEUTRALIZANTE, como o nome já sugere, age na química aplicada, parando e eliminando seu efeito, auxiliando na fixação da nova forma, e na eliminação dos resíduos químicos.
Nota: Se o processo de neutralização não for adequadamente realizado, poderá ocorrer a quebra dos fios,


  o neutralizante serve para fixar os nutrientes perdidos no cabelo. Vou tentar explicar melhor. Você utilizou coloração no cabelo e como todos nós sabemos a coloração o destrói, o cabelo fica sem vida, ressecado, poroso... Então, o neutralizante serve para fixar os nutrientes que você colocar no seu cabelo causando o fechamento da cutícula ao mesmo tempo. Resumindo, ele interrompe a ação do produto colocado anteriormente e ao mesmo tempo inicia o fechamento da cutícula, moldando o cabelo da forma como você desejar. No momento em que ele está agindo no seu cabelo ele também restaura a estrutura interna dos fios, evitando que eles fiquem quebradiços, pontas duplas... Por tanto a dica para quem for usá-lo é deixá-lo nos fios agindo com o cabelo solto reto, ou seja, sem prendê-lo.

a forma de aplicar o neutralizante deve ser correta ou você pode por a perder todo o seu trabalho.

1 o neutralizante deve ser aplicado mexa a mexa em movimento reto
pois do jeito que vc manusear o fio com neutralizante ele ficara 

por isto vemos cabelos recém  alisados com algumas partes crespas , não fizeram uma boa neutralização nos fio

2- respeite o tempo de ação do produto, leve a cliente para a bancada não aplique o produto no lavatório , faça com carinho neutralize mexa a mexa sempre no sentido do comprimento 
sem deixar fazer curvas ou embolar .

pois o cabelo ficara da maneira que ele foi neutralizado.
- neutralizar a química 
- selar a cutícula 
 devolver o ph natural ao fio 



tipos de neutralizantes
 
- Peróxido de hidrogênio: é um agente oxidante que é utilizado em preparações com pH ácido (2 – 2,5). Esse pH é interessante porque ele é capaz de fechar as escamas abertas pelo produto alisante (que tem, ao contrário, um pH alcalino, 9 – 12), tem ação rápida e praticamente completa. O peróxido de hidrogênio ainda apresenta uma boa compatibilidade com a pele, o que reduz o risco de danos ao coro cabeludo do cliente, além de uma boa compatibilidade com o meio ambiente. A desvantagem é que ele reage com metais, podendo causar danos para os cabelos.
 
- Perborato de sódio: é vendido na forma de pó. Esse produto deve ser preparado (em água) na hora do uso por apresentar uma alta instabilidade. Quando ele está em contato com a água reage formando o peróxido de hidrogênio. Contudo, ao contrário das soluções de peróxido de hidrogênio, sua solução apresenta um pH bem alcalino. Apesar disso dificultar o fechamento das escamas abertas no processo inicial de alisamento, o seu resultado nas cadeias de queratina é bastante efetivo. Ainda pode-se utilizar alguns agentes orgânicos para reduzir o pH da solução de perborato de sódio e, assim, obter  fechamento das cutículas nessa etapa final, entretanto, os melhores resultados com peróxido são obtidos com o pH alcalino. Para o uso desse produto com o pH alcalino o ideal é um posterior tratamento para selar as cutículas abertas evitando uma aparência ressecada.
 
- Bromato de sódio: esse agente pode ser utilizado em pH neutro (7) ou em pH levemente ácido (5 ou 6), sendo que em pH neutro a estabilidade da solução é maior. Seu poder para fechamento das cadeias de queratina é bom, porém inferior ao peróxido de hidrogênio e do perborato de sódio.
Uma duvida que pode surgir: O uso de um oxidante poderia mudar a coloração do cabelo?
Sim, dependendo do pH da solução. A descoloração do cabelo se dá pela ação de um agente oxidante (como o peróxido de hidrogênio) em uma solução com pH ALCALINO, geralmente na presença de amônia. Dessa forma, dependendo da concentradão do oxidante, o pH da solução e, logicamente, o tempo deixado em contato com o cabelo pode-se ter como resultado uma tonalidade diferente no cabelo.
: por que depois do alisamento não se deve lavar os cabelos por até 24-48 horas?
Nem sempre um oxidante consegue fechar todas as ligações da queratina que foram abertas. Contudo, o próprio oxigênio, presente na atmosfera, pode fazer essa oxidação, mas em uma velocidade muito menor. Assim, após a finalização do processo, quanto mais tempo os cabelos forem deixados na forma alisada (com chapinha) para que o oxigênio da atmosfera feche as ligações que o agente oxidante não foi capaz de fechar, melhor. Se a cliente lava os cabelos em seguida do processo, aquelas ligações que não foram fechadas podem voltar para a sua conformação antiga (crespa) e o processo não terá um rendimento tão bom.
Esse também é o motivo pelo qual não se deve prender o cabelo (com atilho ou presilhas) ou colocá-lo atrás da orelha depois de finalizado o alisamento. Ligações remanescestes podem ser fechadas no formato como o cabelo estiver preso, o que pode conferir também um resultado final insatisfatório.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

avaliação de todo conteudo ate aqui

1- cite 3  regras de  recepção ao cliente ???

2-relate 2 recomendação sobre presentação pessoal

3- fale sobre as camadas dos fio de cabelo e indique sua função

cutícula -
cortex-
medula-

folículo -

papila pilosa-
bulbo capilar-
glândula sebáceas-

4- qual carcterisca do cabelo

poroso?
normal ?
glacico?

5 -o que e uma hidratação?

6- para que serve a reconstrução?

7- o que e e para que serve uma queratinização?

8- sobre 

alopecia adrogenetica ?

alopecia de pressão ??

dermatite seborreica ?

caspa /

queda difusa ?

9- qual a função das seguintes vitaminas e ativos

vitamina A

vitamina B5-

ceramidas

tutano

vitamina D2

alho-

aloé vera -

karite

mandioca-

 Cera de abelha
 Óleo de Girassol


óleo de uva

semi de lino

Aminoácidos de cisteína


vitamina H

silicone
Extrato de menta e minerais de zinco
queratina

Colágeno e elastina


10- o que e PH?


11-qual o Ph dos seguintes produtos 

agua ?

xampu?

tonalizante?

descoloração?

12 qual a função 

tesoura a laser  ??

tesoura fio navalha ??

13- secadores de cabelo qual a finalidade ??
 Jato frio

ceramidas 
  Difusor
íons

led

14-qual são as fases do fio de cabelo ?
infra vermelho?

 15-cite 3 marcas de produtos comercial e 3 marcas de produtos pro fissional?

16- o que é princípios ativos ?

domingo, 19 de maio de 2013

tesouras como escolher a sua

 Tesoura Quente:

É difícil você encontrar uma mulher que antes de aparar as madeixas não tenha feito nenhum processo químico. Um dos principais problemas causados nos fios, devido à grande quantidade de química, são as pontas duplas - problema conhecido pelos profissionais como tricoptilosis.

A tricoptilosis pode ser abrandada com o corte a fogo, que consiste em torcer pequenas tranças de cabelo (técnica conhecida como Brulage, que em francês quer dizer queimar) para queimar as pontas dos cabelinhos que ficam de fora destes torcidos.

Atualmente, estão surgindo novas e diferentes técnicas para combater este mal. As primeiras a serem lançadas foram as tesouras alemãs, que oferecem menor risco de queimaduras e de danos nas fibras capilares - cauterizando-as ao cortar.

Outro exemplo são as tesouras Splissaway, mais conhecidas como tesouras quentes. De acordo com especialistas, esta técnica surgiu com o mesmo propósito da técnica da vela acesa que queima as pontas duplas. Neste antigo método, havia muitos cabelos que eram queimados parcial ou totalmente. O cheiro forte também era outro inconveniente.

Mas não se esqueça que este tratamento consiste em diferentes etapas, sendo que na primeira é realizado um diagnóstico através de uma microcâmera que aumenta em até 450 vezes o fio.

Depois, as tesouras quentes são aquecidas em um forno específico que pode chegar a até 220 graus. Após o corte, é preciso que o cabelo seja tratado com produtos selecionados, a partir do diagnóstico, e com os produtos recomendados para a manutenção doméstica. Em média, este tipo de tratamento custa entre R$ 220 a 250, com a hidratação incluída.



Tesoura Laser:

A tesoura laser contém uma cerda cerrilhada de um lado para que se possa segurar, por assim dizer, aqueles fios que serão cortados em uma linha reta. Sendo assim, essa tesoura serve para definir os comprimentos, processo conhecido como definição do perímetro capilar.

Enquanto uma lâmina retém os cabelos para que não escorreguem ou deslizem durante o corte, a outra lâmina, chamada de guilhotina, incide sobre os fios presos à lamina de baixo, decepando-os em linha reta. Se fôssemos ampliar várias vezes a lâmina lazer, seu formato seria semelhante ao de uma faca de cortar pão.

Em um cabelo longo, primeiro usamos esta tesoura para definir o comprimento, ou, como chamamos habitualmente, pré cortar o cabelo, conferindo-lhe o formato estrutural com marcas mais retas. Por isso mesmo, muitas vezes trabalhamos com outros instrumentos que cortam na vertical para que se contraponham à este efeito - marcando ou suavizando-o.

De todas as formas, a tesoura laser é um instrumento fundamental e indispensável para o profissional cabeleireiro, pois só com ela é possível criar o corte no seu formato básico, ou, bruto, por assim dizer, para que depois seja lapidado com outros instrumentos, como desfiadeira, dentada, navalha e fio navalha.




Tesoura Fio Navalha:

Esta tesoura é mestre em causar efeitos diferenciados em quase qualquer tipo de cabelo. Ela tem por objetivo primário desfiar, causando filetes, daí o nome da técnica em francês ‘to fillet’, que significa cortar em filetes, ou ‘e fillet’, que em aportuguesado falamos efilar, ou causar filetes nos fios.

O fio navalha desta tesoura é bem fino e quanto mais fino for, mais cortará ao sensível toque na mecha de cabelo. Isto se dá porque ela tem por função deslizar pelos fios enquanto corta diagonalmente. Assim podemos causar filetes, ou marcas texturizadas, nos cabelos que serão trabalhados com ela.

O cabelo muito liso, que, portanto, deixa muitas marcas horizontais, pode ser disfarçado com esta tesoura. Os cabelos muito volumosos poderão ter seu volume reduzido ao incidir a tesoura desde o meio para as pontas, em mechas que se concentram no meio do cabelo, ou seja, dentre as laterais e a nuca, sem atingir têmporas, topo (ou coroa do alto) e pé de cabelo. O efeito será um cabelo “diminuído”, mas apenas na parte de dentro.

Nos cabelos curtos, esta tesoura servirá para criar textura para frente, picotar moicanos e cortes irregulares, desfiar, definindo vírgulas em curtos femininos, e até direcionar a posição do Chanel, usando-a na direção da nuca para o queixo.
Na próxima semana traremos dicas sobre as tesouras desfiadeira, dentada e navalha

Tesoura Desfiadeira:

Esta tesoura muita vezes é chamada de tesoura de desbaste, ou, ainda, confundida com tesoura dentada. O que ocorre é que ela se apresenta em dois formatos: com uma única lâmina, vazada para que os fios ali introduzidos não sejam cortados, ou com duas lâminas, vazadas em formato de pente. Assim, os fios que forem introduzidos nos orifícios desta tesoura serão preservados em seu comprimento original, e aqueles que forem pegos pela lâmina, ou microlâmina, desta tesoura serão cortados.

Este instrumento é corretamente chamado de desfiadeira, porque mais desfia do que corta. Na verdade, o modelo com uma lâmina lisa (guilhotina) e outra vazada deverá cortar mais do que desfiar do que o modelo que possui duas lâminas vazadas. Presume-se isto pela lógica de que quanto mais espaço houver para os cabelos serem introduzidos durante a pressão exercida ao se cortar uma mecha, mais cabelos serão preservados. Assim sendo, você poderá criar degradês de desfiamento quando pressionar a tesoura uma vez mais próxima das raízes, e outra mais distante, e, ainda outra subseqüente - e assim sucessivamente -, criando um efeito de raízes mais pesadas e pontas mais leves.

Tesoura Dentada:

Essa tesoura possui dentes que são largos e causam diferentes efeitos escadeados nos cabelos. Naturalmente, cabelos mais espessos poderão exigir um uso mais amplo deste tipo de instrumento, enquanto os mais finos necessitarão de muita cautela, praticamente restringindo seu uso às pontas.

Da mesma forma, esta tesoura se apresenta como a fio Navalha - tendo dentes mais finos para desfiar sem marcar tanto. A escolha do profissional, pelo espaçamento entre os dentes na hora de cortar, se dará pelo tipo de cabelo com o qual estará trabalhando.

Como acontece nos casos da tesoura desfiadeira e fio navalha, este instrumento também pode e deve ser usado na vertical, inclinado e horizontal.
Navalha:

O corte a navalha há muito tem inspirado inúmeros profissionais a criar estilos masculinos e femininos criativos e ousados. As primeiras navalhas que dominaram o mercado capilar não tinham nenhum protetor, apenas uma lâmina que precisava ser afiada em um instrumento de couro. Elas foram inicialmente usadas em barbearias e depois em institutos de beleza, sobretudo nas décadas de 60 e 70, em cortes que criavam volume e desconexão às mulheres da época.

Esta navalha tem a lâmina repositora, sendo, por isso, higiênica, descartável e muito prática. Ela apresenta um cabo flexível e protetores, com diversos formatos, que podem ser trocados. Os protetores com espaços mais finos são indicados para desfiar o meio e pontas das mechas, esquartejar pequenos torcidos, ou, ainda, decepar o perímetro dos cabelos para definir o comprimento. Já os protetores espaçados são recomendados para criar texturas ou marcas propositais nos cabelos, assim como a tesoura dentada.

Hoje dispomos de uma navalha mais moderna e prática, com protetor embutido, que não oferece nenhum risco de corte nas mãos. Assim, quando você trocar a lâmina estará trocando o protetor. Também já se encontra disponível o modelo de navalha quente.

Cortar cabelos à machado, com cacos de vidro, à faca ou à maçarico, são coisas que profissionais prosaicos faziam para chamar a atenção, mas que nunca tiveram algum objetivo real ou nobre. Pelo contrário, tudo isso deve ter sido uma grande chacina capilar. Bom é ver que o mercado instrumental para cabeleireiros evoluiu e trouxe à nossa disposição diversas ferramentas que facilitaram a parte operacional em nossa área.

A ergometria também foi levada a sério, pois a maioria das tesouras e navalhas contam com o apoio para os dedos, em formatos cada vez mais próximos do natural, proporcionando conforto e segurança. Mas isso já é um assunto para outro artigo.



Qual a origem da tesoura?
A tesoura é um utensílio tão comum, que poucas vezes paramos para pensar em suas origens. Acredita-se que as primeiras foram confeccionadas no Egito, em cerca de 1500 a.C., como duas lâminas simples, sem articulação e unidas em uma extremidade. Esse modelo primitivo tinha o formato da letra cê e servia principalmente para cortar a pele de animais. Foi somente no período do “corte à romana”, até o ano 100, que as tesouras de lâminas cruzadas foram aperfeiçoadas.
As tesouras mais antigas eram confeccionadas de ferro e bronze. As primeiras de aço como as atuais, foram manufaturadas em 1761 pelo inglês Robert Hinchliffe.
Como são fabricadas?
Atualmente, o processo de fabricação é mecânico: nele, barras de aço incandescente transformam-se em lâminas inacabadas, que são marteladas para dar forma. Depois, cortam-se suas arestas e as lâminas são temperadas, após aquecimento e resfriamento.
A eficácia das tesouras deve-se mais ao “jeito” que à força. Uma tesoura é uma alavanca. Por isso, quanto mais longe estiverem os cabos, melhor. Se a força aplicada pela mão está duas vezes mais distante da articulação que o ponto de corte, a força ali será o dobro da aplicada pela mão. Matemática pura!


 Curiosidades
Mãos de tesoura

Foi assistindo ao filme Edward Mãos de Tesoura que o cabeleireiro Déo Rodrigues decidiu transportar a ficção para a realidade. Ele começou a treinar sua técnica segurando várias tesouras de uma só vez e cortando os fios de perucas. Quando conseguiu chegar a dez tesouras, Déo apresentou-se em um programa de televisão. Hoje, Déo faz cortes com até 22 tesouras. Para esse trabalho, ele usa os modelos fio navalha muito bem afiados, que deslizam no cabelo. “Essa técnica fica ótima para cortes desconectados, com dégradê e pontas maiores”, comenta.
Mesmo os trabalhos que utilizam uma só tesoura têm seu toque de autenticidade, podendo ser feitos em apenas 30 segundos. Um corte normal custa entre R$ 95,00 e R$ 150,00. Já o com as 22 tesouras pode chegar a R$ 400,00. Ele ainda tem sua tesoura da sorte: uma com fio navalha toda dourada, com a qual ganhou seu primeiro troféu de corte.

Como escolher um secador de cabelos

Escolher o secador é uma missão. Além de existirem inúmeras opções no mercado, há termos que a gente não sabe bem o que signifca... São os tais íons, a turmalina, o infravermelho. E ainda tem a questão da potência. Quantos watts precisa ter um bom secador? Trazemos um guia com respostas para essas perguntas, além de modelos potentes que tratam, protegem e até preparam os fos para tratamentos!


Potência:
O que faz a diferença entre uma escova de salão e uma feita em casa é a potência. Quanto maior a potência, mais ar quente é expelido e mais rápida é a secagem dos cabelos, porém mais danos são causados aos fios em função do calor. Por outro lado, menor o tempo de secagem e mais fácil é alisar cabelos cacheados e crespos

Peso e Tamanho
, o peso do secador é essencial, para que assim você não se canse durante a escova. Os modelos mais leves são mais fáceis de serem manuseados,
modelos menores.  têm potência menor e não são indicados para salão

Infravermelho
O infravermelho seca o fio de dentro para fora, o que diminui os danos, deixando ainda o cabelo mais brilhante. A finalidade é controversa: uns garantem que não há estudos que comprovem a ação dos raios no cabelo, outros dizem que promovem uma verdadeira faxina ao fazerem girar as moléculas de água presentes na fibra.




Íons
Os modelos com íons negativos custam até duas vezes mais, porém fecham as cutículas, controlam o frizz, pulverizam a água ajudando na absorção pela fibra capilar que fica mais hidratada e seca até 40% mais rápido.Já os com íons positivos abrem a cutícula, preparando o fio para receber a química, como pigmentos de coloração e ativos hidratantes para penetrar no fio.



Turmalina
A turmalina, pó de um mineral que é acrescentado ao aparelho, tem a função de potencializar o efeito dos íons. Com isso as cutículas ficam mais seladas, os fios arrepiam menos e a escova dura mais. O profissional pode até dispensar finalizadores.


Cerâmica
Secam o fio de dentro para fora, prevenindo o ressecamento e mantendo temperatura elevada e constante com menor consumo de energia. Quando aquecida, secam os cabelos de forma natural, deixando-os hidratados e brilhantes através de uma secagem mais rápida e natural.



Led
Os secadores de led tem ação bactericida, hidratante e revitalizadora e confere mais brilho e maciez ao cabelo danificado.




Nano silver
Visam eliminar fungos e bactérias que podem causar queda e alergia no couro cabeludo. Proporcionam uma secagem mais higiênica e cabelos mais limpos.





Entendendo os tipos de bico:

Bico largo: concentra menos o jato de ar e o calor. Seu tamanho é o mesmo da largura da escova que vai ser utilizada para modelar o cabelo, assim a modelagem é mais rápida. 


Bico pequeno: concentra mais o jato de ar e o calor, permitindo um trabalho mais preciso e localizado.

Difusor: retira o excesso de água sem fazer os fios se soltarem. Assim, o cabelo mantém sua definição natural.

Que tipo de secador seu cabelo pede?
Cabelos cacheados: este tipo de cabelo é poroso, muito fácil de ser danificado. Por isso, o secador não pode ser muito potente,  mesmo porque a potência forte acaba alisando os cabelos. Escolha secadores com difusor.

Cabelos finos e delicados: aqui, precisamos controlar a temperatura e a potência. Escolha secadores com regulagem de calor e com jato de ar frio.

Para aplicar química e tratar: ao aplicar a química, você abre a cutícula do cabelo. Ao tratar, você a fecha. Nestes momentos, o secador precisa emitir íons positivos e negativos  positivos para abrir e negativos para fechar.

Veja alguns secadores, de diferentes marcas, modelos e funcionalidades para você escolher o que melhor adapta a sua necessidade.

Cabelo armado
Cabelo armado
O pente alisado se aproxima da raiz, deixando os fios lisos e com menos volume. Além disso, o modelo emite íons e acaba com o frizz.

Fios práticos
Fios práticos
Quer fios lisos num dia e cachos em outro? Use este! O motor reduz o tempo de secagem.
Para valorizar os cachos
Para valorizar os cachos
Secador DevaSun Dryer, o difusor (em formato de mão) faz a secagem da raiz às pontas dos fios, o que garante a formação natural dos cachos.

Fios secos
Fios secos
Ele tem cerâmica, que atinge altas temperaturas mas seca os fios sem ressecá-los. Secador Flash Ceramic

Secador Lizz Super Ionic CH0004 Vermelho c/ Emissão de Íons - 2.000 W
O secador Super Ionic conta com recursos para uma ótima performance. Além de ser leve, possui 6 combinações de velocidade e temperatura, jato de ar frio para melhor fixação do penteado e motor super potente e de longa duração, todos esses benefícios com baixo nível de ruído. Lizz Super Ionic c/ Emissão de 


Possui recursos profissionais para deixar seus cabelos ainda mais bonitos. 
Emite íons que nutrem e condicionam seu cabelo deixando-o com um aspecto saudável, suave e brilhante. A cerâmica quando aquecida gera um calor intenso e contínuo, emitindo raios infravermelhos que penetram rapidamente no cabelo, de dentro para fora, de forma rápida. Revlon Pro Tourmaline Ceramic c/ Emissão de Íons e Infravermelho 2.000 W – 189,90

secador potente e de uso profissional.
Com 2100 watts de potência, este é um dos mais potentes secadores do mercado, o que garante ao profissional maior eficiência em seus trabalhos. 
O secador Taiff Fire Fox foi desenvolvido a partir da tecnologia cerâmica, emite raios infravermelhos, que secam os fios de dentro para fora, garantindo uma secagem muito mais rápida, natural e sem frizz. Reúne seis combinações de velocidade e temperatura e emite 67 milhões de íons negativos por cm3. O cabo, com 3m de comprimento, permite maior mobilidade e conforto durante o uso. 
O que eu achei: Simplesmente ma-ra-vi-lho-so, dou nota 10 pra ele, o cabelo seca em poucos minutos, apesar de potente ele é super leve, redução de ruído e deixa o cabelo super brilhoso,perfeito pra uso profissional.
Desvantagem: não vem com difusor,

Então é isso, espero que estas dicas ajudem vocês na escolha do secador ideal, pois o importante é saber quais são os benefícios que procura para os seus fios, pois esta é a melhor maneira de decidir entre as inúmeros opções que o mercado oferece

Para que servem os íons!

· Íon negativo: Sela a cutícula, protege os fios dos processos químicos e da poluição e dá brilho extra.

· Íon positivo: Abre a cutícula para receber tratamentos como coloração, hidratação e queratinização.

· Infravermelho: A tecnologia deixa a secagem mais rápida, preserva a saúde do cabelo, dá brilho e ainda torna a secagem mais rápida.

· Jato frio: Ajuda a fixar a escova ou o penteado depois de usar o jato quente.

· Jato quente: Facilita a modelagem.

· Turmalina: O pó da pedra preciosa libera os tais íons negativos, que deixam o cabelo mais brilhante e sedoso.

· Bico: Use os bicos mais largos nos cabelos longos e aposte nos mais estreitos para modelar franjas.

· Cerâmica: O material reveste o bico do aparelho e seca o cabelo como se fosse naturalmente, deixando os fios mais hidratados e saudáveis.

· Difusor: Acessório redondo, que se encaixa no bocal. Usado para secar cachos e criar penteados com volume.

Qual é a potência ideal?

Se você tem dúvida de como escolher a potência do seu secador, uma dica bacana é ficar de olho no número de watts. Quanto maior ele for, mais quente e turbinado será o jato. "Força e temperatura são fundamentais para modelar os fios", diz o técnico da Taiff. Um secador com mais de 1.800W já é considerado profissional!

Potência: Até 1.900W
Temperatura: Chega a 140°C
Vale para quem: Tem fio liso, fino e cabelo curto

Potência: De 2.000 a 2.100W
Temperatura: Chega a 160°C
Vale para quem: Tem cabelo volumoso ou na altura dos ombros

Potência: Com 2.400W
Temperatura: Chega a 180°C
Vale para quem: Tem cabelo grosso, muito longo e volumoso

pente certo para cada tipo de cabelo


Os pentes possuem vários formatos e cada um deles se adequa ao seu tipo de cabelo. Lisos, crespos, grossos, finos, cada pente tem o tipo de dente e material certo, que dará brilho natural, desembaraçará e domará as madeixas.
Tipos de cabelos
Os cabelos oleosos pedem pentes de madeira, inclusive molhados, para desembaraçar os fios sem quebrá-los e ajudar a diminuir a oleosidade natural.
Os cabelos secos precisam de pentes com dentes largos para não quebrar os fios e deslizar com mais facilidade.
Os cabelos cacheados usam pentes com dentes largos e de madeira, que manterão os cachos e diminuirá o efeito frizz. Esse tipo de cabelo não deve ser penteado diariamente, para evitar a deformação dos cachos. Os ondulados podem usar pentes médios, de madeira ou plástico.
Os fios lisos e finos precisam de pentes com dentes largos e de madeira, já que possuem muita eletricidade, provocando o efeito frizz, pois a madeira o neutraliza.
Cabelos grossos e com volume pedem pentes de dentes bem largos e de plástico, que são bem resistentes para e não quebram com o uso cotidiano.
Os cabelos afros podem usar pente-jacaré, com dentes em formato de gota, ou os garfos. Os cabelos afros são muito sensíveis e precisam de cuidados ao pentear para que os fios não sejam danificados. 
 Escolher o pente certo não é uma tarefa fácil. Há no mercado vários modelos: largos, finos, com cabos longos ou curtos, de plástico, de madeira, tipo garfo, entre outros. Cada acessório tem uma finalidade: dar o toque final ao penteado, desembaraçar sem quebrar ou danificar as madeixas, minimizar os fios que teimam em ficar arrepiados ou modelar. A técnica de beleza da Condor, Marília Kikuchi dá dicas de como encontrar o pente certo para cada tipo de cabelo.

1) Qual o pente ideal para cada cabelo tipo de cabelo?
Lisos e finos: estes tipos de fios costumam ser muito elétricos e com frizz. O ideal é utilizar pentes de madeira, que, com dentes largos, facilitam o pentear e minimizam os arrepiados. É importante não deixar o pente molhado para evitar acumulo de fungos.

Grossos e com volume: pentes de material plástico são bem resistentes e tem dentes abertos. Isto facilita a passagem dos fios e elimina risco de quebra.

Ondulados: este tipo de fio não deve ser penteado diariamente para não deixar o cacho irritado ou sem forma. O melhor é, após a lavagem, penteá-lo uma única vez com o auxílio de um pente com dentes bem largos e de preferência de madeira para evitar arrepiados. Durante o dia, apenas ajeite com as mãos.

Afros: merece cuidado constante - o simples ato de pentear pode quebrar ou arrebentar o fio. Para que isto não aconteça, é fundamental desembaraçar de maneira suave. Os pentes tipo jacaré - com dentes em formato de gota - são os mais indicados.

2) Qual a indicação para o pente tipo garfo?
O garfo ajuda a dar forma e soltar um cabelo crespo, além de desembaraçar os afros sensíveis. Este tipo de pente foi muito usado nas décadas de 70 e 80, quando as discotecas lançaram a moda "black power".

3) E em relação aos dentes: os largos são melhores para desembaraçar? E por que as pontas dos dentes são arredondadas?
Sim. Os dentes largos são melhores para desembaraçar porque não seguram os fios e permitem que eles sejam penteados sem o uso da força. As pontas dos dentes são arredondadas para não machucar o couro cabeludo e não causar fissuras nos fios. A distância dos dentes está relacionada com cada tipo de cabelo e também com o trabalho que está sendo realizado. O pente fino de cabo mais longo é usado: para trabalhos químicos como coloração, já que ele consegue retirar finas mechas de cabelos para serem manuseadas com precisão; e também na separação para o "brushing".

4) Quais pentes são mais indicados para modelar o cabelo?
Os mais indicados são os modelos jacaré com dentes específicos para modelar. Alguns modelos tem desembaraçador no cabo. São perfeitos para dar ajuste final aos cabelos curtos e médios, após serem escovados.

5) E quanto ao cabo dos pentes? Há diferença entre os curtos ou longos, mais grossos ou finos?
Os cabos têm função de transmitir segurança e de definir o tipo de trabalho que será executado.

6) Por que dizem que o pente de madeira é o mais indicado para o dia-a-dia?
O pente de madeira possui uma característica que fica a desejar nos pentes de plástico: a neutralização da estática. Os de tipo jacaré são usados para dar acabamento nos penteados com escova, para soltar franja e para deixar o cabelo com ar mais natural.

7) Como deve ser feita a conservação dos pentes? É preciso lavar após o uso entre uma pessoa e outra? Usa-se água e sabão ou álcool?
A conservação dos pentes deve ser feita regularmente, pois o uso por diversas pessoas requer uma assepsia maior. Lavar com o auxílio de um sabão neutro após o uso entre indivíduos é o mais indicado, porque evita problemas de pele. Não se deve usar os dentes do pente para retirar cabelos presos nas escovas.

A escova certa para cada tipo de cabelo

 Você sabia que a escolha da escova adequada pode fazer uma diferença imensa no resultado final do penteado? Aprenda quais as escovas mais apropriadas para cada situação e para cada tipo de cabelo



Redonda: são as mais comuns para alisar e modelar os cabelos, usadas também nos salões. As melhores são as que misturam cerdas naturais e sintéticas, pois ajudam a deixar os cabelos mais macios e brilhantes. O ideal é ter tamanhos diferentes em casa. Quanto mais curto o cabelo, menor o seu diâmetro.
escova redonda
Oval: estimula o couro cabeludo e auxilia na distribuição dos óleos naturais. Ideal para usar naqueles cabelos mais finos e ondulados.
escova oval
Raquete: ideal para escovar cabelos embaraçados e compridos sem danificá-los. As de base almofadada e com bolinhas nas pontas dos pinos ainda proporcionam uma sensação agradável estimulando e massageando o couro cabeludo.
escova raquete


Escova certa

Com bolinhas nas pontas: ideal para tirar o volume dos cabelos, além de massagear o couro cabeludo.
Escova com bolinhas nas pontas




Cuidado ao desembaraçar: comece sempre pelas pontas do cabelo e vá subindo aos poucos para não quebrar os fios.
Pressa na hora de secar: dê preferência por escovas com base de metal, pois esse material acelera o processo de secagem retendo o calor do secador.
Megahair ou alongamento: evite as escovas com bolinhas na ponta para não arrancar os fios presos com cola ou trançados.
 


Escova raquete: ideal para cabelos muito longos, ajuda a criar um estilo liso, reto, em que o volume não tem lugar; também servem para cabelo grosso e massagem suave no couro cabeludo.
Além disso, este modelo de escova é muito bom para desembaraçar os cabelos. Grande e com cerdas mais duras, ela acaba com os nós dos cabelos longos e médios rapidamente, sem puxar nem agredir os fios.


Escova almofada: Isso funciona bem com o cabelo de comprimento médio, ajuda a suavizar e amaciar o cabelo, funciona muito bem em cabelos finos.
É a escova que eu uso no meu cabelo e super aprovo, viu! (Ah, meu cabelo é liso e fino!)


Escovas com ventilação: este tipo de escova permite que o ar flua através do cabelo, tornando-o ideal para desembaraçar e utilizar com o secador, pois vai ajudar a secar o cabelo com mais facilidade. É recomendado para o cabelo acima dos ombros e para criar volume.


Escovas térmica: quando usado com a ajuda do secador molda o seu cabelo, as menores são usadas para criar volume, enquanto as maiores para relaxar.


Redonda, com tubo 360º de cerdas “juntinhas – É perfeita para alisar cabelos muito cacheados ou crespos; por ter as cerdas bem juntas, dá para colocar mais pressão na raiz e conseguir um acabamento melhor. Mas também serve para fazer cachos ou produzir volume na raiz dos cabelos curtos.



Redonda, com tubo 360º de cerdas “mais separadas” – Funciona bem para cabelos de média densidade, longos ou médios. Pode ser usada para alisar, fazer uma escova cacheada ou ondas mais suaves e dar brilho. Não é aconselhável para desembaraçar.
Retangular ou oval com cerdas separadas– esses tipos desembaraçam sem agredir os fios
Quadrada, retangular, oval ou estreita e fina com cerdas bem juntinhas – É ideal para finalizar penteados, principalmente nos cabelos presos, domando os fios rebeldes e mechas que insistem em “sair da linha”.
Redonda, retangular ou fina com cerdas mistas (natural e náilon) – As cerdas naturais geralmente são feitas com pêlo de javali ou crina de cavalo, e as sintéticas, de náilon. Essa escova é perfeita para alisar cabelos ondulados e crespos finos, pois desliza facilmente e ainda garante boa durabilidade à escova. Outra vantagem: por ter cerdas mistas não embaraça e nem puxa muito o cabelo no momento de esticar os fios para alisá-los.  
Denman – O nome vem da famosa marca inglesa de escovas e acessórios, a Denman. O modelo clássico da marca acabou batizando o tipo no mundo inteiro: normalmente retangular, as cerdas são pinos de náilon “fundidos” (não têm aquele buraquinho da base da cerda, onde o cabelo enrosca), fixados em uma almofada de borracha, que permite total aderência dos fios à escova e um eficaz efeito anti-estática (que não deixa fios arrepiados). Esta escova dá um resultado muito bom de alisamento, por isso é perfeita para cabelos lisos e finos. E mais: permite certa pressão, sem agredir os fios e o couro cabeludo. 
Escova térmica – Normalmente é circular, com um tubo que pode ser de cerâmica, metal ou teflonado (materiais que retêm calor). É a mais usada hoje quando se utiliza secador, porque ajuda a manter o calor, reduzindo o tempo de secagem, e dispensa o excesso de ar quente sobre a mecha, o que permite que o movimento de girar a escova para alisar seja menos traumático para o fio, já que o calor que ela retém no tubo evita o excesso de queimaduras no fio.
Os tipos de cerdas

· Náilon
Ideal para cabelos lisos ou levemente ondulados. É importante não encostar o secador na cerda, pois ela pode derreter ou queimar o couro cabeludo.

· Náilon com bolinhas nas pontas
Enquanto penteia, ela também faz uma leve massagem no couro cabeludo.

· Mistas (javali e náilon)
As cerdas de javali alisam os fios enquanto as de náilon desembaraçam.

· Naturais
Ajudam a desembaraçar os fios e penteiam melhor.


Os modelos ideais para...
... cabelo ralo: dê prioridade à escova térmica (de corpo metálico) com diâmetro pequeno. Ela aquece o fio, fazendo o cabelo modelar mais. É recomendada para a mulher que quer ganhar volume no visual.
... fio crespo, ondulado e cacheado: quem tem esse tipo de cabelo pode também investir na compra de uma escova térmica com cerdas naturais. O modelo ajudará no molde dos cachos e na facilidade de preparação do penteado.
...eliminar os arrepiados: prefira as escovas com cerdas de nylon. Elas diminuem o frizz e quando confeccionadas com corpo de metal, ajudam a acelerar a secagem dos cabelos.
...desembaraçar: se não gosta de escovar o cabelo e prefere secar desembaraçando, a “escova raquete” (aquela com formato de raquete de tênis, mostrada no in´cio da coluna) é ideal. Funciona como uma espécie de prancha, alisando sem “chapar” os fios. É uma boa dica para quem procura fugir dos pentes.


...
Ventillada: O modelo oval com base de cerâmica tem cerdas naturais de javali e é indicado para secar e modelar as pontas. A escova é ativada pelo calor do secador, e, por ser ventilada e ter cerdas espaçadas, dá volume ao cabelo.
A escova de cabelo modelo raquete é boa para desembaraçar cabelos longos e lisos
A escova de cabelo modelo raquete é boa para desembaraçar cabelos longos e lisos Foto: Divulgação
Raquete: Esta escova oval tem cerdas de plástico com bolinhas na ponta que protegem o couro cabeludo. É indicada para pentear e desembaraçar todos os tipos de cabelo e é boa opção para pessoas com maior sensibilidade.
A escova de cabelo com base de cerâmica é ativada com o calor do secador
A escova de cabelo com base de cerâmica é ativada com o calor do secador Foto: Divulgação
Cerâmica: Arredondada e com base de cerâmica, ela é ativada pelo calor do secador. As cerdas mistas unem a durabilidade do nylon e a maciez do javali. É indicada para cabelos ondulados a lisos, para modelar, pentear e desembaraçar.
A escova de cabelo almofadada é boa opção para pessoas com maior sensibilidade
A escova de cabelo almofadada é boa opção para pessoas com maior sensibilidade Foto: Extra
Almofadada: Este modelo almofadado com cerdas de plástico é indicado para cabelos longos e lisos, ou levemente ondulados. Se usado com secador, tem efeito de escova modelada, mas não tão lisa.
A escova de cabelo fininha é ideal para cabelos curtos
A escova de cabelo fininha é ideal para cabelos curtos Foto: Divulgação
Fininha: Este modelo de escova tem diâmetro menor, o que é indicado para modelar, cachear e finalizar cabelos curtos. O revestimento em cerâmica aquece a escova e trata os fios quando usado com secador, diminuindo o frizz.
A escova retangular é bastante comum e serve para desembaraçar todos os tipos de cabelo
A escova retangular é bastante comum e serve para desembaraçar todos os tipos de cabelo Foto: Divulgação
Retangular: É o tipo de escova que todo mundo já teve um dia. Serve para desembaraçar todos os tipos de fios, pois tem um bom espaçamento entre as cerdas. Esse espaço ajuda evitar a quebra do cabelo.

A forma certa de pentear o cabelo
Não adianta escolher o modelo ideal de escova se, na hora de pentear, não fizer da forma certa. Confira as dicas da consultora Luciana Monteiro para evitar transtornos:
A primeira coisa a fazer é dividir o cabelo ao meio, em duas partes. Desembarace as pontas com a escova oval almofadada e , então, penteie de cima para baixo, para estimular o couro cabeludo e dar brilho do fio.
Em seguida, separe o cabelo em mechas finas. Manuseie a escova redonda de cima para baixo, alisando ou modelando o fio com o calor do secador.
Por último, use a escova raquete para finalizar as pontas, deixando o fio mais maleável.
Higiene: limpar a escova também é importante
Não use escovas de outras pessoas. Elas podem servir de veículo para caspa, seborréia e até para piolho. Eca!
O ideal é limpar a escova uma vez por semana. Para isso, tire o excesso de fios passando um pente fino. Em seguida, deixe a escova de molho numa solução de água e sabão por dez minutos. Enxágue e seque bem antes de usar. Além da lavagem, é possível encontrar em lojas especializadas higienizadores em spray com ação antibactericida

principios ativos para cabelos

ativos são agentes químicos existente nos produtos responsáveis pelas transformaçoes que si deseja obter em diferentes tratamentos


Jaborandi: Tonifica os cabelos, controlando e atenuando o excesso de oleosidade e melhorando o brilho. Por isso é indicado para cabelos oleosos, fracos ou que apresentam problema de queda. "O jaborandi é encontrado somente no Brasil, entre o Norte e Nordeste, e é conhecido há vários séculos. É muito usado na forma de pilocarpina – extraído das folhas",


Camomila: Seu óleo essencial tem ação antiinflamatória e calmante e é indicada para tratamentos de caspa e seborréia. No entanto, seu objetivo tradicionalmente conhecido é o de ajudar a clarear os cabelos. "A camomila é um clássico clareador capilar, principalmente se for aliado à exposição solar, mas não funciona em cabelos pretos e escuros. Só apresenta bons resultados em cabelos loiros ou castanhos claros",

A queratina dá mais corpo e calibre ao fio, deixando-o mais encorpado, por isso é mais recomendada para cabelos finos. No entanto, pode ser colocada em xampus para todos os tipos de cabelos

Ceramidas: São proteínas da seda, que melhoram a estrutura dos fios e são indicadas para todos os tipos de cabelos, mas principalmente para aqueles que necessitam de tratamento de fibra ou que foram submetidos a tratamentos químicos. Usadas para hidratação, elas selam as cutículas e reforçam a estrutura capilar, aumentando a resistência a danos exteriores. "As ceramidas são os principais constituintes lipídicos da camada cuticular do cabelo e também fazem parte dos lipídeos estruturais, garantindo a coesão entre as células dos fios. Além disso, ajudam a manter a umidade capilar promovendo hidratação, brilho e maciez",

Aloe vera: Hidratante, nutritivo, emoliente e repleto de vitaminas, aminoácidos, enzimas e sais minerais, a Aloe vera, também conhecida como babosa, é recomendada para os cabelos normais a secos, além de ajudar a combater a queda. "Ela é uma planta que possuí inúmeras propriedades regeneradoras, curativas, umectantes e lubrificantes. Hidrata, amacia e revitaliza os fios"

 Algas marinhas, aloe vera, lanolina e pantenol
Funcionam como hidratantes, dando maciez ao cabelo.

Ceramidas ou bioceramidas
Aumentam a emoliência e restauram o fio, proporcionando hidratação, brilho e maciez.

Colágeno e elastina (ou microcolágeno ou colágeno hidrolisado)
Formam um filme sobre o cabelo para proporcionar brilho e maciez.


Extrato de menta e minerais de zinco
Controlam a oleosidade do couro cabeludo.

Hena
É um tonalizante natural muito utilizado para cobrir cabelos brancos. Proporciona coloração avermelhada.

Manteiga de karité
Confere emoliência e restaura fios danificados.

Minoxidil
Combate a queda capilar. É indispensável em qualquer formulação condicionadora ou de máscara.

Óleos de jojoba e de melaleuca
Têm propriedades anti-inflamatórias e antissépticas.

Piridionato de zinco
Controla a caspa.

Pró-retinol
Combate o envelhecimento do fio.

Proteína de soja ou hidrolisado de soja
Hidrata, amacia e dá luminosidade.

Proteína de trigo ou hidrolisado de trigo
Proporciona maior flexibilidade e também mais brilho e maciez.

Queratina ou hidrolisado de queratina
Fornece ao cabelo os aminoácidos essenciais, aumentando a resistência.

Silicione
Forma um filme protetor sobre o cabelo, facilitando o pentear. Dá maciez e brilho.

Vitamina E, óleo de semente de girassol, óleo de macadâmia e extrato de caviar
São antioxidantes e têm papel fundamental na proteção da cor, evitando o desbotamento, principalmente de tons avermelhados e acobreados.

 Extrato de Hamamelis = adstringente,


Extrato de Bardana = anti-séptico e anti-seborréico,

 Abacate=Riquíssimo em óleos naturais e gordura, combate o ressecamento dos fios, conferindo maleabilidade.

 cacau=Indicado para fios grossos e ressecados.

Manteiga de karitê=Possui vitaminas e óleos altamente hidratantes.


» Chocolate ¬- o extrato de cacau nutre e deixa os cabelos super-hidratados;

» Hydramel -¬ uma espécie de mel silvestre que nutre e hidrata profundamente os cabelos;

» Proteína do Leite ¬- excelente fonte natural de resistência e super-hidratação dos fios;

» Queratina -¬ restaura e regenera a estrutura dos fios danificados, proporcionando mais maleabilidade;

» Ceramidas ¬- brilho intenso e sedosidade para os cabelos, eliminando a aspereza dos fios;

» Silicone ¬- extraordinário impermeabilizante que cria uma camada protetora e garante extra brilho;

» Tutano -¬ excelente restaurador e um ótimo fortalecedor de fios danificados;

» Óleo de Amêndoas ¬- poderoso hidratante e emoliente da fibra capilar;

» Manteiga de Karité -¬ proporciona nutrição, suavidade e amacia os cabelos ressecados;

» Óleo Semi di Lino -¬ mais brilho, leveza e movimento devido a uma película que envolve os fios;

» D-Pantenol -¬ fecha as cutículas restabelecendo a hidratação natural e a maciez dos cabelos;

» Blend de Vitaminas ¬- contém as vitaminas E e H, que selam a fibra capilar e restauram os fios danificados

Abacate ¬ É usado em produtos para cabelos secos. Devolve a gordura natural e nutre ao mesmo tempo.

Alfa-hidroxiácidos ¬ Hidratam e fortificam. Também oxigenam o couro cabeludo e desobstruem os folículos, evitando a queda.

Aminoácidos da seda ¬ Extraídos do casulo do bicho-da-seda, repõem as proteínas e condicionam os fios, dando brilho.

Aminoácidos de queratina ¬ A queratina é o principal componente do cabelo. Usando produtos à base desta substância, você devolve o que foi perdido. São indicados para quem faz alisamento (que danifica muito os fios).

Aminoácidos de cisteína ¬ Agem de forma similar à da queratina e são ótimos para facilitar o desembaraço dos fios ainda úmidos.

Apigenin ¬ Extrato de uma erva encontrada na Europa e na Ásia Ocidental. É emoliente, deixa o fio sedoso e clareia os cabelos.

Argila verde ¬ Boa para cabelos mistos, enxuga a oleosidade das raízes e hidrata pontas secas. Também desobstrui os poros e melhora a circulação no couro cabeludo.

Bálsamo ¬ É o concentrado de um extrato vegetal.

Bioextender ¬ Extraído de algas marinhas vermelhas e marrons, usado como normalizador de fios para cabelos tintos ou normais.

Camomila ¬ Tem uma pigmentação amarelada, que se prende aos fios e dá reflexo dourado aos cabelos. Além disso, é calmante e limpa intensamente.

Cera de abelha ¬Tanto a natural como a sintética podem ser utilizadas. Dão consistência ao condicionador e protegem a fibra capilar, aumentando o brilho e a maciez.

óleo de argan-Poderoso antioxidante e bastante rico em vitaminas A, D e E, o produtinho pode ser usado para amenizar as pontas duplas, dar brilho, controlar o frizz, proteger e hidratar profundamente os fios, dependendo da sua necessidade.
 
Cera de frutas ¬Com as mesmas propriedades da cera de abelha, é boa para proteger os fios dos fatores externos e neutralizar as agressões causadas por produtos químicos.

Ceramidas ¬ Indicadas para hidratar e fortificar todos os tipos de cabelos, são extraídas da semente do girassol ou da soja.

Colágeno ¬Tipo de proteína encontrado em vegetais e animais. Mantém a umidade natural dos fios e fecha as cutículas do fio. Aparece em cosméticos para cabelos secos, danificados ou processados químicamente.

Combinação elastina-colágeno ¬ Repõe as proteínas que o cabelo perdeu, fecha as cutículas e forma um filme protetor.

Babosa regenera os fios danificados,fortalece todo o cabelo dar brilho e maciez

òleo de coco natural dar brilho,maciez,reduz o volume ,acaba com o frizz,hidrata,nutre e alisa o cabelo...incrível mas é verdade


Aloe Vera (Babosa) - Propriedades regeneradoras, curativas, umectantes, lubrificantes e nutritivas.

Calendula - Cicatrizante e anti-inflamatório.  Ação calmante, regeneradora e suavizante.  Bactericida.

Camomila - Tem ação anti-irritante, calmante, regeneradora e suavizante.


Cera de Abelha -  Hidratante, contém propriedades suavizantes. Promove a elasticidade e a tonacidade

Copaíba - Cicatrizante, adstringente, germicida, anti-séptico, emoliente (calmante da pele e mucosas inflamadas).
Cravo - Anti-séptico, estimulante tônico, parasiticida.

Cupuaçu - Tem propriedades hidratantes, nutritivas, regeneradoras e emolientes.

Eucalipto - É adstringnte, tônico e anti-séptico.  Tem efeito desinfetante e curativo.

Extratos Cítricos - Previne celulite, enrijece e fortalece a musculatura.  Usado em massagens e fricções.

Hamamélis - Adstringente, anti-inflamatória, antioxidante, desongestionante, higienizante, rejuvenescedora.  Tonificante e refrescante.

Jaborandi - Previne a queda de cabelos e estimula o crescimento capilar.

Lanolina - A lanolina aplicada na pele promove e mantém a umidificação, hidratação, lubrificação, condicionamento, maciez, proteção, plasticidade e flexibilidade.

Lavanda - Anti-séptica, tônica, calmante, bactericida.

Manteiga de Karitê - Ação emoliente, suavizante e reparadora sobre a epiderme.

Mel - Substância com ação nutritiva, umectante e reparadora.

Menta - Adstringente, anti-séptica e refrescante.

Óleo de Amendoas Doce - Grande ação emoliente, suavizante e calmante.  Hidratante, suavizante e nutritivo, evita ressecamento.  Tonifica e amacia a pele e alivia pruridos.  Previne rugas e restaura a elasticidade da pele.

Óleos Essenciais - Substâncias voláteis, extraídas de plantas aromáticas.  São os principais componentes bioquímicos de ação terapêutica das plantas medicinais e aromáticas.

Óleo de Girassol - Extraído da semente de girassol. Emoliente e suavizante.

Óleo de Oliva - Ação anti-oxidante que combate os radicais livres.

Própolis - Propriedades bactericidas, anti-sépticas e secantes.

Proteína de Trigo - Ativo hidratante fortalecedor e estimulante.

Tomilho - Ação anti-séptica, adstringente e estimulante

Salvia - Ação suavizante, adstringente, purificante e estimulante.

Vitamina E - Eficiente anti-oxidante que atua no combate aos radicais livres, colaborando na prevenção do envelhecimento precoce.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

cabeleireiro on line

Postagens populares

tudo para seu salao de beleza

Minha lista de blogs

seja bem vindos ao e cabelos

ola amigos(a) criei este espaço para ajudar e dar dicas quem queira ou ja estar no ramo da beleza/saude.

Torne-se um(a) Cabeleireiro(a) Profissional!

O ramo da beleza cresce a cada dia, e cresce também a busca por profissionais qualificados na área. Estude aqui e gratis vou passar a teoria e tirar suas duvidas.

cortes de cabelo

Incluindo corte de cabelo masculino

tipos de penteados
Veja também penteado para noivas

Alisamentos
Aprenda técnicas da escova progressiva

Colorimetria
Saiba tudo sobre coloração para cabelos

Visagismo
Combine cores e cortes de cabelo com formatos de rosto diferentes

Dicas de como abrir seu próprio salão!
você aprenderá sobre cortes de cabelo, penteados alisamentos e muito mais, veja:
CORTES
Aprenda sobre o tratamento dos fios e as principais técnicas para os mais variados tipos de corte de cabelos

Assimétrico
Reto
Chanel
Curto
Revitalizante
Infantil
Masculino
PENTEADOS
Aprenda também a escovar os cabelos e fazer penteados perfeitos

Buclees
Para noivas
Colmeia
Noite
Escova
TRATAMENTO DE
CABELOS
Aprenda também a escovar os cabelos e fazer penteados perfeitos
  • Hidratação
  • Mecha Californiana e Reflexo
  • Ondulação e Permanente
  • Plantas medicinais
  • Hena
  • Controle de volume
  • Visual saudável

ALISAMENTO DE
CABELOS
Conheça técnicas de alisamento de cabelos existentes no mercado. Os cuidados e benefícios de cada uma.
  • Escova Progressiva
  • Progressiva de Chocolate
  • Relaxamento
  • Amaciamento com Guanidina
  • Touca de Gesso

COLORIMETRIA E
VISAGISMO
Aprenda também as técnicas de coloração dos cabelos e saiba como ressaltar a beleza de suas clientes indicando o melhor tipo de corte e cor, de acordo com o cabelo e rosto de cada um.
colorimetria e visagismo
  • Torne-se um(a) Cabeleireiro(a) Profissional!

    O ramo da beleza cresce a cada dia, e cresce também a busca por profissionais qualificados na área.

    cortes de cabelo

    Incluindo corte de cabelo masculino

    tipos de penteados
    Veja também penteado para noivas

    Alisamentos
    Aprenda técnicas da escova progressiva

    Colorimetria
    Saiba tudo sobre coloração para cabelos

    Visagismo
    Combine cores e cortes de cabelo com formatos de rosto diferentes

    Dicas de como abrir seu próprio salão!
    você aprenderá sobre cortes de cabelo, penteados alisamentos e muito mais, veja:
    CORTES
    Aprenda sobre o tratamento dos fios e as principais técnicas para os mais variados tipos de corte de cabelos

    Assimétrico
    Reto
    Chanel
    Curto
    Revitalizante
    Infantil
    Masculino
    PENTEADOS
    Aprenda também a escovar os cabelos e fazer penteados perfeitos

    Buclees
    Para noivas
    Colmeia
    Noite
    Escova
    TRATAMENTO DE
    CABELOS
    Aprenda também a escovar os cabelos e fazer penteados perfeitos
    • Hidratação
    • Mecha Californiana e Reflexo
    • Ondulação e Permanente
    • Plantas medicinais
    • Hena
    • Controle de volume
    • Visual saudável

    ALISAMENTO DE
    CABELOS
    Conheça técnicas de alisamento de cabelos existentes no mercado. Os cuidados e benefícios de cada uma.
    • Escova Progressiva
    • Progressiva de Chocolate
    • Relaxamento
    • Amaciamento com Guanidina
    • Touca de Gesso

    COLORIMETRIA E
    VISAGISMO
    Aprenda também as técnicas de coloração dos cabelos e saiba como ressaltar a beleza de suas clientes indicando o melhor tipo de corte e cor, de acordo com o cabelo e rosto de cada um.




  • Cabeleireiro